domingo, 12 de outubro de 2014

A ESCOLA RAIMUNDO GOMES DE OLIVEIRA FAZENDO A DIFERENÇA.

A ESCOLA QUE FAZ DIFERENÇA.

PLANO DE AULA DE QUÍMICA EJA III MÓDULO IV

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO RAIMUNDO GOMES DE OLIVEIRA
             Professor: Eticildo Lopes de Oliveira


Plano de Aula de Química- EJA III MÓDULO IV.

Período de Aplicabilidade:  18 de Agosto a 12 de setembro de 2014   12 aulas

1.      Área: Ciências da Natureza.
2.      Módulo: EJA III Módulo: IV
3.      Eixo: Química.
4.      Tema Abordado: A química Orgânico.
5.      Conteúdos: A química Orgânica e os Compostos do Carbono; Identificação da Principal cadeia; Nomenclatura dos hidrocarbonetos; As regras segundo IUPAC.
6.      Objetivos (capacidades): Identificar, reconhecer e explorar as diversas variedades do átomo de carbono e suas cadeias; A presença da química Orgânica no nosso cotidiano.

7.      METODOLOGIA
7.1      Problematizações: O assunto será iniciado com aulas expositivas dialogadas, a partir do eixo temático de problematização e descaracterizar que a química está vinculada a coisa ruim.

7.2      Fundamentos teórico: Desde da antiguidade o homem se preocupou em melhorar seu modo de vida, e foi através de observação que o mesmo perpetuo a espécie. E através da química ele pode desenvolver técnica e melhorar a qualidade de vida e até nos nossos dias esse conhecimento vem sendo atualizado para benefício de si mesmo e dos seus semelhantes.

7.3      Atividade Contextualizadas:  As atividades serão realizadas em sala através de textos que caracterize o que a química nos traz quais são os benefícios para a humanidade e suas consequências quando não for manipulado adequadamente. Esses textos serão trabalhados em grupos e individual onde serão produzidos vários trabalhos com esses temas transversais e colocado pelos alunos em sala.


8.      Avaliação: A avaliação será através trabalhos formativas e somativa levando em consideração a participação dos alunos tanto em grupos como individual como também será levado em conta a participação na execução das atividades extra sala.
9.      Recursos: Quadro Branco, pincel, livro didático, data show e materiais alternativa par realização de experimentos simples.


10.  Referências Bibliográficas:

QUÍMICA NOVA: http://quimicanova.sbq.org.br/quimicanova.htm
PETER ATKINS & LORETA JONES (2001). Princípios de Química. Bookman.
KOTZ, J. C. & TREICHEL, P. JR. (1998). Química e Reações Químicas, Vol. I, LTC,
458 p. e Vol II, LTC.
KOTZ, J. C. & PURCELL, K. F. (1991). Chemistry & Chemical Reactivity - Saunders
College Publishing.
MASTERTON, W. L. et al (1990). Princípios de Química, Rio de Janeiro, Ed. Guanabara
Koogan S. A.

RUSSEL, J. B. (1994) . Química Geral, São Paulo, Editora Mc Graw-Hill do Brasil. FELTRE, Ricardo. Fundamentos de Química: vol. único. 4ª.ed. São Paulo: Moderna,




Rio Branco, 18 de Agosto de 2014

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Segundo Osleno, um ambiente saudável é essencial para que os jovens sintam-se bem. “Quando buscamos expressar a individualidade de nossos alunos por meio de eventos como nosso show de talentos, estamos dando voz a todos que desejam participar, a sua maneira, das atividades escolares.” Para Marco Brandão, secretário de Educação, o grande diferencial é a fé que os educadores estão colocando em seus alunos. “Acreditar no potencial deles e ofertar uma educação de qualidade faz toda a diferença.” IDEB – Realizado desde 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacional Anísio Teixeira (INEP), o Ideb é medido por meio de avaliações de língua portuguesa e matemática com os 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, e com o último ano do Ensino Médio, para certificar que as escolas estejam alcançando padrões de qualidade no ensino e na aprendizagem.

Escola Raimundo Gomes de Oliveira supera metas de 2021 em avaliação educacional

Localizada no bairro Tucumã, a Escola Estadual Raimundo Gomes de Oliveira atende mais de mil alunos, e se tornou, após o resultado das notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013, um dos destaques da aprendizagem no Ensino Fundamental.
A escola obteve média 6,7 nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), classificando a escola como a melhor nota da rede estadual de ensino, e média 5.4 nos anos finais (6º ao 9º ano), colocando-a em terceiro lugar entre as instituições estaduais do Acre.
Estes resultados positivos, que excedem, no caso dos anos finais, até mesmo a expectativa para 2021, demonstram o atual cenário positivo da educação acreana, fruto de muitas ações positivas no decorrer dos últimos 15 anos:
– Anos iniciais (1º ao 5º ano): de 3,3 em 2005, a média geral saltou para 5,2 em 2013, superando a previsão para o ano de 2017.
– Anos finais (6º ao 9º ano): o Acre conquistou 4,4 em 2013, superando a média 3,5 de 2005 e ultrapassando a média nacional de 4,2, que posiciona o Estado como o terceiro melhor entre os 27 estados da federação.
Espaço de leitura e o Mais Educação

Entre as atividades que influenciaram o sucesso no rendimento dos alunos, estão os projetos desenvolvidos pela escola para estimular o hábito da leitura, representados pelo Espaço de Leitura da instituição, e o programa Mais Educação, que oferece aulas de reforço no contraturno.
especial_2
Gorete Medeiros, responsável pelo Espaço de Leitura, trabalha há um ano na Escola Raimundo Gomes, e acredita que o trabalho em equipe é fundamental para o sucesso. “Se uma pessoa não realiza seu trabalho adequadamente, todos sentem o impacto negativo em maior ou em menos grau.”
Incentivo aos talentos escolares

Em seu segundo mandato, o gestor Osleno Freitas da Silva está há sete anos na direção escolar, e reforça que a escola precisa ter um bom relacionamento com as famílias de seus alunos. “Sempre buscamos verificar se um aluno passa por situações que podem prejudicar seu aprendizado, e se os pais realmente acompanham a vida escolar de seus filhos”, destaca o gestor.
E não apenas nos conteúdos os alunos são estimulados a se destacarem. Já se tornaram tradição da escola duas apresentações anuais, atualmente em suas sextas edições: o Expotalento, em que os alunos podem apresentar seus mais variados talentos artísticos, e o Leitura de Mundo, que este ano trabalhará o tema do meio ambiente.
especial_3
Segundo Osleno, um ambiente saudável é essencial para que os jovens sintam-se bem. “Quando buscamos expressar a individualidade de nossos alunos por meio de eventos como nosso show de talentos, estamos dando voz a todos que desejam participar, a sua maneira, das atividades escolares.”
Para Marco Brandão, secretário de Educação, o grande diferencial é a fé que os educadores estão colocando em seus alunos. “Acreditar no potencial deles e ofertar uma educação de qualidade faz toda a diferença.”
IDEB – Realizado desde 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacional Anísio Teixeira (INEP), o Ideb é medido por meio de avaliações de língua portuguesa e matemática com os 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, e com o último ano do Ensino Médio, para certificar que as escolas estejam alcançando padrões de qualidade no ensino e na aprendizagem.

Assessoria SEE.

Matéria vinculada no Jornal Pagina 20.net

domingo, 21 de setembro de 2014

COMUNICADO


A ESCOLA RAIMUNDO GOMES DE OLIVEIRA CONVIDA OS ALUNOS DO PRONATEC - EJA -  CURSO TÉCNICO DE LABRATÓRIO. QUE A REUNIÃO COM OS ALUNOS. ACONTECERÁ NO DIA 22 DE SETEMBRO ÀS 19:00 HORAS NA ESCOLA RAIMUNDO GOMES DE OLIVEIRA.

PORTANTO NESTA SEGUNDA FEIRA DIA 22 DE SETEMBRO DE 2014  AS 19:00 HORAS.

 ATENCIOSAMENTE 

PROFESSOR:    JESUS GALVÃO. 
COORDENADOR PEDAGOGICO.


sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Escola Estadual A Escola Raimundo Gomes de Oliveira. Alcançou 6.7 ponto.

'Muito trabalho', diz diretor de escola estadual com 2º melhor Ideb
Com a segunda melhor pontuação nos primeiros anos do ensino fundamental, a Escola Estadual Raimundo Gomes de Oliveira, também em Rio Branco, alcançou 6.7 pontos. O diretor Osleno Freitas, que gerencia a instituição há 7 anos, afirma que as dificuldades são muitas, mas o segredo é muito trabalho. Ele explica que a tática adotada foi, após um levantamento do rendimento de cada turma, traçar metas para melhorar tanto os indicadores internos quanto externos. São atendidos em torno de 1.160 alunos.
“Não tem segredo, foi muito trabalho. Montamos uma equipe de apoio que faz um levantamento das faltas dos alunos e acompanha o rendimento. Tem a questão do planejamento, que se efetiva realmente. Além disso, temos procurado motivar muito os alunos para que gostem mais da escola, até porque eles são o nosso foco”, explica.
  •  
Diretor da Escola Raimundo Gomes, com segunda melhor nota no Ideb, Osleno Freitas diz que resultado é fruto de muito trabalho (Foto: Caio Fulgêncio/G1)Diretor da Escola Raimundo Gomes, com 2º melhor
nota, Osleno Freitas diz que resultado é fruto de
muito trabalho (Foto: Caio Fulgêncio/G1)
Dentre os projetos desenvolvidos, o diretor cita o Expotalento, em que os alunos podem apresentar talentos artísticos; o Leitura de Mundo, que desenvolve temas como o meio ambiente; e ainda o Mais Educação, que disponibiliza aulas de reforço no contra turno. As iniciativas são importantes, de acordo com o Freitas, para aproximar as famílias e a escola.
E é a ausência da família no dia a dia do aluno uma das principais dificuldades apontadas pelo diretor. “Temos muito o que melhorar ainda. E precisamos mais da ajuda da família. Tem momentos que nós temos que decidir chamar a responsabilidade, mesmo que isso nos sobrecarregue muitas vezes”, fala.
Mesmo assim, Freitas diz que muito da antiga forma que a comunidade lidava com o colégio já mudou. Ele lembra que, por muitos anos, a Escola Raimundo Gomes de Oliveira era uma das últimas opções dos pais no momento da matrícula.
“Nossa escola tem uma clientela que a maior parte vem de bairros da periferia, como Mocinha Magalhães e algumas invasões próximas, Joafra, Rui Lino. Então, quando você chega a um bom resultado, a satisfação aparece. É acreditar que dá certo. E pouco a pouco vamos agregando pessoas que acreditem. É um trabalho diário”, explica.
A Escola Raimundo Gomes de Oliveira também apresentou, de acordo com o Ideb, uma boa pontuação em relação aos anos finais do ensino fundamental (6° a 9° ano), 5.4 pontos, superando a meta estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC) para 2021, que é de 5.2 pontos.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

IDEB - META ALCANÇADA - ESCOLA RAIMUNDO GOMES DE OLIVEIRA.

IDEB - Resultados e Metas


Parâmetros da Pesquisa
Resultado:
Escola
UF:
AC
Município:
RIO BRANCO
Nome da Escola:
Todas
Rede de ensino:
Estadual
Série / Ano:
Todas


4ª série / 5º ano
8ª série / 9º ano

Ideb ObservadoMetas Projetadas
Escola
2005
2007
2009
2011
2013
2007
2009
2011
2013
2015
2017
2019
2021
ESC JORNALISTA JOSE CHALUB LEITE3.84.14.74.14.93.84.24.64.95.25.45.76.0
ESC JOSE SALES DE ARAUJO4.14.35.14.95.44.14.54.95.25.45.76.06.2
ESC LUIZA BATISTA DE SOUZA3.94.25.05.05.73.94.34.75.05.25.55.86.1
ESC MADRE HILDEBRANDA DA PRA3.73.64.84.76.53.84.14.54.85.15.45.75.9
ESC MANOEL MACHADO3.83.34.34.14.44.75.05.35.6
ESC MARECHAL HUMBERTO DE ALENCAR CASTELO BRANCO4.24.95.54.95.74.24.65.05.25.55.86.06.3
ESC MARIA ANGELICA DE CASTRO4.24.65.45.45.94.34.65.05.35.65.86.16.3
ESC MARIA CHALUB LEITE4.03.84.6***4.14.44.95.15.45.75.96.2
ESC MARIA RAIMUNDA BALBINO5.04.65.25.85.65.15.45.86.06.36.56.77.0
ESC MOZART DONIZET4.55.05.65.96.34.64.95.35.65.86.16.36.6
ESC NATALINO DA SILVEIRA BRITO4.54.55.45.36.14.54.95.35.55.86.06.36.5
ESC NEUTEL MAIA4.15.06.25.9***4.24.54.95.25.55.76.06.3
ESC OSCAR FELICIO DE SOUZA4.3***4.64.95.15.45.7
ESC PADRE CARLOS CASAVECCHIA3.6***3.74.04.44.75.05.35.65.9
ESC PADRE DIOGO FEIJO4.7***4.85.15.55.76.06.26.56.7
ESC PAULO FREIRE4.24.0***4.34.65.05.35.55.86.16.3
ESC PROF ALMADA BRITO3.13.64.95.35.53.13.53.94.24.54.85.15.4
ESC PROF ILKA MARIA DE LIMA3.84.74.74.75.43.94.24.64.95.25.55.86.0
ESC PROF IRENE DANTAS DO NASCIMENTO2.73.94.83.03.33.63.94.24.5
ESC PROFESSOR JOSUE FERNANDES4.74.74.84.95.25.55.76.06.3
ESC RAIMUNDO BORGES DA COSTA3.53.44.54.54.93.63.94.34.64.95.25.55.8
ESC RAIMUNDO GOMES DE OLIVEIRA4.14.75.16.74.24.55.05.25.55.86.06.3
ESC RAIMUNDO HERMINIO DE MELO4.24.74.94.85.64.24.65.05.35.55.86.16.3
ESC RAMONA MULA PASTOR DE CASTRO3.33.43.94.35.73.43.74.14.44.75.05.35.6
ESC ROBERTO SANCHES MUBARAC3.63.43.44.05.13.64.04.44.75.05.25.55.8
ESC RUY AZEVEDO5.4***5.75.96.26.46.7
ESC SAMUEL BARREIRA4.25.46.15.96.14.34.65.05.35.65.86.16.3
ESC SANTA MARIA II4.74.05.44.95.25.55.86.06.3
ESC SANTO ANTONIO II2.6***2.93.23.53.84.1
ESC SAO FRANCISCO DE ASSIS I3.83.34.66.33.84.24.64.95.15.45.76.0

«««123»»»
Obs: 
* Número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados.
** Solicitação de não divulgação conforme Portaria Inep nº 304 de 24 de junho de 2013.
*** Sem média na Prova Brasil 2013.
**** Não divulgado por solicitação da Secretaria/Escola devido a situações adversas no momento da aplicação.
Os resultados marcados em verde referem-se ao Ideb que atingiu a meta.



Atualizado em 14/08/2014